Paraplegia e sexualidade

9 de Junho de 2011 às 21:15

Os homens sentem-se atraidos fisicamente pela mulher, como pode esta cativa-los se fisicamente tiver um defeito numa parte sensual do corpo como por exemplo as pernas?  

Bom Dia Catarina,

O corpo dos paraplégicos, a zona abaixo da lesão, é insensível à estimulação táctil, o que nos coloca várias questões sobre o desejo sexual. Temos de ter em conta que nestas situações perda real dos membros, devido á perda sua sensibilidade, perdendo também uma parte da sexualidade, pela diminuição de zonas erógenas.

No sujeito com lesão medular o impulso sexual está preservado; poderá permanecer oculto no desequilíbrio emocional subsequente à lesão, porém todos os sujeitos com este tipo de lesão, posteriormente terão as suas atenções e intenções direccionadas para a sexualidade mais tarde.

A sexualidade neste tipo de lesões é possível, bastando apenas que o sujeito reconstrua a sua identidade sexual, e imagem corporal, para que seja também recuperada a sua auto-estima.

No caso das mulheres com paraplegia é muito comum, a mulher negar a sua condição sexual, e sentir que a sua limitação física se torna numa limitação de prazer sexual. Mas isso não corresponde à verdade, porque existem várias formas de prazer, que não o prazer genital.

Para além da negativação da auto-imagem as próprias mulheres excluem-se acreditando na crença da sua condição enquanto pessoa limitada, o que não está certo e tem de ser alterado.

O modo como as pessoas reagem face aos outros e são percepcionadas por eles, estimula a conduta sexual entre iguais porque é suposta a compreensão das dificuldades no desempenho sexual do outro. Não obstante estas possibilidades, a mulher com paraplegia é exactamente igual a qualquer outra mulher, mas o mais importante de tudo é que a própria se sinta de forma igualitária, e não inferiorizada pela sua condição física.

Contudo, baseando-nos na sua questão, é possível sim que homens se sintam atraídos e tenham uma relação amorosa com mulheres de condição física limitada, porque como lhe disse, é apenas uma pequena limitação, porque estas mulheres são capazes de amar como todas as outras, de ter prazer e serem parceiras de qualquer homem. Logo não existe razão para que um homem não se possa sentir apaixonado e atraído… Por vezes a mulher necessita de um acompanhamento psicológico para olhar o corpo e a sua sexualidade de uma forma mais clara e positiva.

A mulher pode cativar um homem sem que seja pela sua forma física, porque uma mulher não é só o corpo que a constitui, por isso desde que a mulher esteja bem consigo própria e com a sua imagem, não existem impedimentos para cativar o homem pela pessoa que é. Tal como outra mulher faz. Por isso vejamos, as mulheres obesas, ou que têm a falta de membros quer sejam eles inferiores quer superiores, todas elas em algum momento das suas vidas sentiram que o seu corpo teria influência no homem pelo qual sentissem interesse, e isso mais tarde deixará de fazer sentido, para isso basta que a mulher se adapte e se sinta bem consigo mesmo, para que possa olhar o outro com positividade e amor.

SEXTA-FEIRA, 10 DE JUNHO DE 2011